Como usar a logística reversa em sua estratégia de gestão de frota

A logística reversa é uma modalidade de transporte que, cada dia mais, ganha destaque no mercado. Isso é tracionado pela nova realidade implementada nas empresas: 69% dos negócios brasileiros encontraram a necessidade de ações sustentáveis como parte de seu planejamento estratégico.

Os consumidores e, consequentemente, as empresas, estão cada vez mais preocupadas com a importância de proteger o meio ambiente. Nesse cenário, entra a Logística Reversa, modalidade que consiste no controle de todos os elementos de um processo produtivo para que possam ser reaproveitados, reciclados, descartados ou, simplesmente, voltarem para seu local de origem.

Aprenda como essa estratégia pode ser aplicada na gestão eficiente de sua frota.

 

O que é Logística Reversa?

A Logística Reversa é um modelo de transporte que foca na reversão dos processos de entrega, coletando produtos que podem ser reutilizados, reciclados, descartados ou devolvidos à origem. Este modelo consiste em recuperar os produtos recebidos e devolvidos pelo destinatário para que possam ser reaproveitados.

Essa modalidade já é muito aplicada para e-commerces, por exemplo, que utilizam esse método para resgatar produtos devolvidos pelos clientes.

Entretanto, há outras aplicações para a Logística Reversa. Entre os exemplos de produtos que estão sendo adaptados para o sistema de logística reversa estão: embalagens de madeiras, lâmpadas fluorescentes, pilhas, garrafas PET e até garrafas de vidro. Neste último caso, por exemplo, a embalagem é separada para depois ser reaproveitada em outros produtos.

 

Como essa modalidade é aplicada, na prática?

Vamos seguir o exemplo de devolução de um produto comprado – e, consequentemente, devolvido – pela internet. Após o cliente manifestar o interesse na devolução de um produto, a loja deve contar com um plano para aplicação da logística reversa dessa mercadoria.

Fato relevante: quando um cliente abre a devolução de um pedido feito pela internet, a mesma mercadoria não pode retornar para as prateleiras e ser revendido como novo. Por esse motivo, há diferentes políticas aplicadas, que incluem a logística reversa.

Com isso, o varejista realiza o transporte dessa mercadoria e, dependendo da situação, o produto é encaminhado diretamente a seu destino final: seja para a revenda (como na modalidade “OpenBox”), seja para descarte ou, apenas, para retorno ao galpão de origem.

 

Como isso pode ser rentável para meu negócio?

 

Os gestores de frota e os gerentes comerciais de uma empresa de transporte podem buscar alternativas para realizar esse serviço. Por ser um conceito simples e de baixo custo, a logística reversa pode ser uma excelente estratégia de gestão de frota.

Uma vez que a demanda por esse tipo de serviço aumentou, sua empresa pode aproveitar para oferece-lo. Claro, isso demandará algumas adaptações, como se adequar a legislação, criar um sistema de recolhimento dos produtos. Entretanto, isso pode gerar receita em caminhões que rodariam vazios, por exemplo.

Além disso, sua empresa pode aplicar o mesmo conceito no dia a dia: com o descarte correto dos pneus, baterias e a utilização de combustíveis renováveis, você pode reduzir custos, à longo prazo.

Vale ressaltar que é necessário que os gerentes contribuam para a recuperação dos produtos, somente assim é possível que a logística reversa seja aplicada de maneira rentável em sua empresa. Todos devem entender que nada pode ser descartado e, sim, reutilizado.

 

Logística Reversa e Resíduos Sólidos

Falando um pouco sobre o uso da Logística Reversa para o descarte de materiais, empresas que não aplicam esse serviço em suas realidades podem perder dinheiro. Hoje, é estimado que as indústrias registram perdas na casa de R$ 8 milhões pela falta de uma gestão de resíduos e produtos que não são reaproveitados e/ou descartados da forma correta.

No Brasil, a Política Nacional de Resíduos Sólidos, criada pela lei 12.305 de 2010, define que as empresas têm responsabilidade no descarte correto dos produtos e resíduos.

A logística reversa pode ser uma grande estratégia para eliminar os desperdícios e problemas com a entrega. Aplicando esse modelo, as empresas podem aproveitar seus materiais de maneira sustentável e inteligente.

Esse é um tópico bastante discutido no mercado atualmente, e que pode ser realmente bem visto pelos varejistas, por exemplo.

Independente de qual a melhor maneira de implementar uma política de Logística Reversa, a Blue Service lhe oferecerá toda a estrutura de apoio para sua frota. Conte com os melhores produtos em Assistência 24 horas para sua empresa. Solicite já o contato de um de nossos consultores e garanta a segurança de sua frota.

Você também pode gostar